Instalando ArchLinux + XFCE + LXDM no Banana Pi

Instalando ArchLinux + XFCE + LXDM no Banana Pi

23/12/2014 Alexandre Vicenzi 4 min de leitura

Hoje vou mostrar como instalar o ArchLinux no BananaPi. Escolhi o ArchLinux por ele ser uma distribuição bem enxuta, mas muito poderosa. Outro motivo que me leva a usá-lo é o fato de que pretendo fazer testes com o RetroArch.

Instalando o ArchLinux

Faça o download da imagem do ArchLinux.

Para passar a imagem para o SD faça o seguinte:

sudo dd bs=8M if=sua_imagem.img of=/dev/sdb && sync

No meu caso, como estou usando saída HDMI apenas fiz o seguinte ajuste (em negrito) no arquivo uEnv.txt:

bootargs=console=ttyS0,115200 console=tty0 disp.screen0_output_mode=3:1360x768p50 hdmi.audio=EDID:0 console=tty1 root=/dev/mmcblk0p2 rootfstype=ext4

Caso você possua dúvidas sobre como configurar as saídas de vídeo siga este tutorial.

Acessando o ArchLinux

Você pode acessar diretamente ou via SSH. Para acessar via SSH basta você conectá-lo a rede. Para conectar no BPi via SSH execute o comando abaixo:

ssh [usuário]@[ip]

Exemplo:

ssh [email protected]

Os usuários de acesso padrão são:

Tipo Login Senha
Root root bananapi
Usuário bananapi bananapi

Atualizando o ArchLinux

Após instalar o ArchLinux vamos verificar se existem novas atualizações. Para isto, execute o comando abaixo:

pacman -Syu

Se possuir atualizações, instale-as.

Instalando as dependências

Agora que ele está atualizado, vamos instalar todas as dependências necessárias.

Instalando o driver X.org para o BPi:

pacman -S xf86-video-fbdev

Instalando o XFCE como área de trabalho:

pacman -S xfce4

Instalando alguns pacotes adicionais, contendo plugins, para o XFCE (não obrigatório):

pacman -S xfce4-goodies

Instalando o LXDM como gerenciador de área de trabalho:

pacman -S lxdm

Configurando o XFCE e o LXDM

Agora que temos o XFCE e o LXDM instalados, vamos configurá-los.

Para que ao iniciar o startx ele inicie o XFCE devemos fazer alguns ajustes.

Vamos editar o arquivo de configração do xinit:

vim /etc/X11/xinit/xinitrc

E adicionar a seguinte linha:

exec startxfce4

No meu caso o arquivo ficou da seguinte forma:


#!/bin/sh

userresources=$HOME/.Xresources
usermodmap=$HOME/.Xmodmap
sysresources=/etc/X11/xinit/.Xresources
sysmodmap=/etc/X11/xinit/.Xmodmap

# merge in defaults and keymaps

if [ -f $sysresources ]; then
    xrdb -merge $sysresources
fi

if [ -f $sysmodmap ]; then
    xmodmap $sysmodmap
fi

if [ -f "$userresources" ]; then
    xrdb -merge "$userresources"
fi

if [ -f "$usermodmap" ]; then
    xmodmap "$usermodmap"
fi

# start some nice programs

if [ -d /etc/X11/xinit/xinitrc.d ] ; then
 for f in /etc/X11/xinit/xinitrc.d/?*.sh ; do
  [ -x "$f" ] && . "$f"
 done
 unset f
fi

# twm &
# xclock -geometry 50x50-1+1 &
# xterm -geometry 80x50+494+51 &
# xterm -geometry 80x20+494-0 &
# exec xterm -geometry 80x66+0+0 -name login

exec startxfce4

Agora já é possível executar o comando startx para iniciar o ambiente gráfico com o XFCE. Porém ainda falta um detalhe, ao iniciar o sistema ele deve ir para o ambiente gráfico. Para isso precisamos configurar o LXDM.

Vamos editar o arquivo de configuração do LXDM:

vim /etc/lxdm/lxdm.conf

Procure pela linha que contenha session e susbtitua por:

session=/usr/bin/startxfce4

No meu caso o arquivo ficou da seguinte forma:


[base]
## uncomment and set autologin username to enable autologin
# autologin=dgod

## uncomment and set timeout to enable timeout autologin,
## the value should >=5
# timeout=10

## default session or desktop used when no systemwide config
session=/usr/bin/startxfce4

## uncomment and set to set numlock on your keyboard
# numlock=0

## set this if you don't want to put xauth file at ~/.Xauthority
# xauth_path=/tmp

# not ask password for users who have empty password
# skip_password=1

## greeter used to welcome the user
greeter=/usr/lib/lxdm/lxdm-greeter-gtk

[server]
## arg used to start xserver, not fully function
arg=/usr/bin/X -background vt1
# uncomment this if you really want xserver listen to tcp
# tcp_listen=1
# uncoment this if you want reset the xserver after logou
# reset=1

[display]
## gtk theme used by greeter
gtk_theme=Clearlooks

## background of the greeter
# bg=/usr/share/backgrounds/default.png

## if show bottom pane
bottom_pane=1

## if show language select control
lang=1

## if show keyboard layout select control
keyboard=0

## the theme of greeter
theme=Industrial

[input]

[userlist]
## if disable the user list control at greeter
disable=0

## whitelist user
white=

## blacklist user
black=

Agora que configuramos a sessão padrão do LXDM vamos habilitá-lo:

systemctl enable lxdm

Pronto, agora você pode reiniciar o seu BPi que ele iniciará o XFCE + LXDM por padrão. Abaixo você pode conferir algumas imagens.

lxdm

lxdm

Espero que você tenha gostado. Se ficou alguma dúvida não deixe de comentar.